EcoRodovias vence licitação e pedágio na Ponte Rio-Niterói.

Captura de tela de 2017 06 28 14 45 00 - EcoRodovias vence licitação e pedágio na Ponte Rio-Niterói.

Reduzido para R$3,28

Ecorodovias e1433394027719 - EcoRodovias vence licitação e pedágio na Ponte Rio-Niterói.

pedágio na Ponte Rio-Niterói vai ser reduzido

A EcoRodovias Infraestrutura e Logística S.A. venceu o leilão para a concessão da Ponte Rio-Niterói) realizado na manhã desta quarta-feira (18). Das seis empresas que enviaram propostas, o grupo ofereceu a menor tarifa básica, R$ 3,284 , que representa um valor 36,67% menor que o teto máximo fixado em edital que era de R$ 5,186.

Com isso, terminado o contrato em maio, encerra-se a administração da CCR S.A., após 20 anos de concessão, com nova tarifa de pedágio deverá entrar em vigor a partir de 1º de junho deste ano.

O valor mais alto foi justamente oferecido pelo Consórcio Ponte, formado pelas CCR S.A – atual administradora da rodovia – e a Companhia de Investimentos em Infraestrutura e Serviço (CIIS), de R$ 4,242, representando um deságio de 18,2%.

Pedágio na Ponte Rio-Niterói vai ser reduzido em 28,85% e o valor passa de R$ 5,20 para R$3,28

A concessão da Ponte Rio-Niterói corresponde a exploração de um trecho de 13,2 quilômetros de extensão, localizado na BR-101, entre o acesso à Ponte, em Niterói, e o entrocamento com a Linha Vermelha, na RJ-071, e vai exigir do grupo investimentos da ordem de R$ 1,3 bilhão durante os 30 anos de licitação.

Foi o primeiro leilão do setor de infraestrutura do ano. É também a primeira rodovia federal a ser concedida novamente. A nova concessão terá validade de 30 anos e exigirá investimentos de R$ 1,3 bilhão ao longo desse período.

A vencedora Ecorodovias Infraestrutura e Logística já atua na concessão de rodovias desde 1997, administrando entre outras o sistema Anchieta-Imigrantes, através da Ecovias, que liga São Paulo ao litoral e o corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto, que liga a região metropolitana de São Paulo ao Vale do Paraíba.

A nova concessão engloba também a Avenida Portuária (com extensão de 3,1 km), permitindo o acesso de veículos pesados vindos da Avenida Brasil à área portuária.

Entre as obras obrigatórias, está a ligação da ponte com a Linha Vermelha por meio de uma via elevada. Isso evitará que os motoristas que se dirigem à Baixada Fluminense e à Rodovia Presidente Dutra utilizem a Avenida Brasil.

A concessão prevê ainda a construção de uma passagem inferior do tipo “mergulhão” na Avenida Feliciano Sodré (direção leste-oeste) passando sob a Praça Renascença, em Niterói, o que vai proporcionar maior fluidez ao tráfego.

Captura de tela de 2017 06 27 12 26 14 - EcoRodovias vence licitação e pedágio na Ponte Rio-Niterói.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.